Lápis e Grafites: escolha e desenhe!

Lápis e Grafite - Escolha e Desenhe!
Saiba qual escolher para cada trabalho!

 

Características dos Lápis e Grafites

A palavra grafite é derivada do verbo grego “graphain”, que significa escrever. A grafite do lápis é um tipo de carvão (conhecido como cristalino). Além de ser mais duro, ele permite uma maior fixação no papel e permite realizar os desenhos de maneira mais controlada e limpa do que o carvão em si.

Além do tradicional lápis (feito com madeira) é possível encontrarmos facilmente a grafite em formato de lapiseira, estacas maciças prensadas e em pó. Existem também grafites coloridos (feitos com pigmentos, aglutinantes, cargas inertes e ceras).

Tipos de Lápis e Grafites mais comuns.
Tipos de Lápis e Grafites mais comuns.

 

Níveis de dureza

Para produzir as grafites que utilizamos em nossas escritas e desenhos, usa-se uma mistura de argila tratada (a mesma da fabricação de cerâmicas) com grafite moído. A adição da argila ao grafite é proporcional ao seu nível de dureza, deixando cada lápis com características diferentes. Para identificarmos o nível de dureza da grafite, um padrão internacional foi criado por Lothar Faber (séc. XVIII), composto pelas letras (H,F, B ou HB) e um número correspondente a sua intensidade (geralmente do 2 até o 9).

Veja as características:

Os diferentes níveis de dureza da grafite e suas recomendações.
Os diferentes níveis de dureza da grafite e suas recomendações.

Os lápis identificados utilizando a letra “H” são os de maior dureza (referência a palavra “hard” = “duro”, do inglês) e possuem um traço mais claro e fino. São geralmente recomendados para desenhos técnicos, utilizando papéis especiais (ex. vegetal) ou para finalizações no desenho.

As grafites contendo apenas as letras “F ou HB” possuem características mais equilibradas, formando traços finos e tons de média intensidade, geralmente indicados para desenhos simples e escrita em geral. A letra “F” faz referência a tradução da palavra “FINE” (fino) e o “HB” a palavra “hard black” (escuro e duro).

Escrita feita com lápis HB
Lápis classificados como “F” ou “HB” são mais indicados para escrita e desenhos em geral.

Já para se obter um traço mais escuro e macio, são indicados as grafites da família “B” (referência a palavra “Black” = “preto”, do inglês). Geralmente são usados em desenhos artísticos, esboços (marca menos o papel) e composições com grandes áreas escuras, como sombreamentos e preenchimentos.

Rabiscos feitos com lápis 2B
Rabiscos feitos com lápis 2B
(Ilustração por Juliana Barreto)

Principais fabricantes

Dentre as empresas que possuem os melhores produtos, podemos destacar:

  • Regent Faber Castell (Brasil)
  • PITT Graphite Pure Faber Castell (Alemanha)
  • Cretacolor 150 (Áustria)
  • Hardtmuth Koh-I-Noor 1500 (República Tcheca)
  • Eagle (Inglaterra)
  • Caran d’ Ache (Suíça)
  • Hardtmuth Koh-I-Noor Progresso (República Tcheca)
  • Pentel (Japão)

 

Papéis indicados

Na grande maioria dos papéis é possível utilizar a grafite. Dentre os tipos mais conhecidos e mais indicados estão:

  • Sulfite (mais comum, uso geral, liso)
  • Canson (maior gramatura, textura)
  • Schoellers Durex (Profissional, textura leve, gramaturas altas)
  • Fabriano (Profissional, textura grossa, gramaturas altas)

 

Técnicas e Dicas

  • Para obter traços mais controlados, segure o lápis mais próximo da ponta;
  • Para traços mais soltos e suaves, segure o lápis a uma distância maior da ponta;
  • Sempre matenha a grafite bem apontada para garantir traços com mais qualidade;
  • Procure sempre realizar testes com lápis diferentes para avaliar e comparar os melhores resultados;
  • Dentre os efeitos de sombra, podemos utilizar o degradé (traços controlados e com transição suave de tons), a hachura (traços entrecuzados, de mandeira controlada ou bagunçada), o pontilhado (forma e efeito gerados através da proximidades de vários pontos) e o estilo linear (que utiliza a espessura do traço para dar a ideia de volume).
  • O esfuminho é um material de formato similar a um lápis, fabricado totalmente em papel especial de fibra, geralmente disponível em 6 grossuras diferentes. Esse produto também pode ser utilizado para sombrear desenhos. Outra possibilidade, que muita gente acha até melhor, é usarmos o nosso próprio dedo, que possui uma oleosidade natural que “esfumaça” de maneira controlada e uniforme a grafite sobre o papel.
  • A borracha maleável conhecida como Limpa-tipo é a mais indicada para se trabalhar com grafite. Sua característica principal está em sua fácil modelagem, ou seja, podemos adaptá-la a qualquer forma que quisermos (o que possibilita também a criação de desenhos e texturas ao apagar áreas escuras).
  • A borracha tradicional também tem suas vantagens, pois pode ser cortada (afiada) e aproveitada para apagar de forma mais reta e controlada.
  • O apontador comum pode ser utilizado para apontar o lápis, porém, o mais indicado é utilizarmos um estilete afiado, pois isso garantirá uma ponta maior e mais firme, ideal para pintar grandes áreas, por exemplo.

 

Testes e rabiscos com lápis variados.
Faça testes e rabiscos para sentir os resultados de cada lápis.
Composição de natureza morta utilizando hachuras
Composição utilizando hachuras.
(Ilustração por Juliana Barreto)

 

Ilustração com técnicas variadas.
Ilustração com técnicas e lápis variados.
(Ilustração por Emerson Designer)

 

Acessórios adicionais para trabalhar com lápis
Acessórios para trabalhar com lápis: borracha limpa-tipo (1), esfuminhos (2), borracha (3), apontador (4) e estilete (5).

Bom, espero que esse post lhe ajude a escolher o material ideal para desenhar e que tenha esclarecido suas principais dúvidas sobre os lápis e grafites. Essas são as informações básicas que você precisa saber para se aventurar no mundo dos desenhos a grafite. Bons treinos!

 

Referências

http://www.faber-castell.com.br/
http://www.pentel.com.br/produtos/grafites
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_dos_tipos_de_lápis
Apostila de Técnica de Representação Gráfica 1-A (UFBA). 2005. Dias, Carla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *